Uncategorized

10 Carros esportivos brasileiros que fizeram história

O mundo automotivo está sempre em busca de novidades, e as especulações em torno do futuro Gol GTI têm agitado os entusiastas. Enquanto aguardamos por esse possível lançamento, é interessante relembrar alguns dos carros esportivos brasileiros que marcaram época por seu desempenho e modificações em relação às versões originais.

A lista a seguir reúne 10 carros esportivos brasileiros que se destacaram no mercado, em ordem alfabética, e exclui modelos de produção limitada. Vamos conhecer um pouco mais sobre esses verdadeiros ícones esportivos produzidos no Brasil.

1. Honda Civic Si (2007)
O Honda Civic Si marcou presença no mercado brasileiro com sua esportividade e alto desempenho. Equipado com um motor exclusivo de 2 litros, comando variável e 192 cv, o Civic Si alcançava a velocidade máxima de 232 km/h e atingia 100 km/h em apenas 7,9 segundos. Com suas rodas de 17 polegadas, bancos em camurça e outros detalhes exclusivos, o Civic Si enfrentou e venceu uma das maiores rivalidades do mercado.
Peso: 1.322 kg
Potência: 192 cv
Torque: 19,2 kgfm
Velocidade máxima: 232 km/h
Aceleração (0-100km/h): 7,9 s
Relação peso x potência: 6,88 kg/cv

2. Corsa GSi (1994)
O Corsa GSi marcou sua presença com um motor Ecotec 1.6 16v importado da Hungria, que o levou a atingir 192 km/h e acelerar até 100 km/h em 9,8 segundos. Com suspensão mais rígida, discos ventilados na dianteira e detalhes esportivos no design, o Corsa GSi foi um dos últimos esportivos genuínos da Chevrolet no Brasil.
Peso: 999 kg
Potência: 108 cv
Torque: 14,8 kgfm
Velocidade máxima: 192 km/h
Aceleração (0-100km/h): 9,8 s
Relação peso x potência: 9,25 kg/cv

3. Gol GT (1986)
O Gol GT foi o primeiro carro esportivo nacional a acelerar de zero a 100 km/h em menos de 10 segundos, graças ao motor 1.8 do Passat com comando de válvulas do Golf GTi, que rendia 99 cv. Com um visual diferenciado, bancos Recaro e outros detalhes exclusivos, o Gol GT deixou sua marca no mercado brasileiro.
Peso: 950 kg
Potência: 99 cv
Torque: 14,9 kgfm
Velocidade máxima: 180 km/h
Aceleração (0-100km/h): 9,7 s
Relação peso x potência: 9,59 kg/cv

4. Gol GTI (1995)
O retorno da versão esportiva GTI do Gol marcou a introdução de duas motorizações, ambas com o bloco de 2 litros. O GTI com cabeçote de 16v se destacava por suas diferenças estéticas e seu motor de 141cv, levando-o a atingir 100 km/h em 8,7 segundos e alcançar 206 km/h de velocidade máxima. O Gol GTI se tornou uma referência entre os esportivos brasileiros.
Peso: 1.120 kg
Potência: 141 cv
Torque: 17,8 kgfm
Velocidade máxima: 206 km/h
Aceleração (0-100km/h): 8,7 s
Relação peso x potência: 7,94 kg/cv

5. Golf GTI (1999)
A versão nacional do Golf GTI surpreendeu com seu motor 1.8 turbo de 150 cv, que em 2003 passou a desenvolver 180 cv, atingindo a velocidade máxima de 227 km/h e acelerando de zero a 100 km/h em 8 segundos. Com seu desempenho ágil e linearidade de torque, o Golf GTI se destacou como um legítimo representante dos esportivos brasileiros.
Peso: 1.344 kg
Potência: 180 cv (193 cv)
Torque: 25,5 kgfm
Velocidade máxima: 227 km/h (231 km/h)
Aceleração (0-100km/h): 8 s
Relação peso x potência: 7,46 kg/cv (6,96 kg/cv)

6. Marea Turbo (1999)
Com um motor 2 litros de 5 cilindros e 182 cv, o Marea Turbo se tornou o carro mais potente do país, atingindo 223 km/h de velocidade máxima e acelerando até 100 km/h em 7,9 segundos. As diferenças estéticas e detalhes exclusivos marcaram a versão esportiva do Marea, que conquistou os fãs de esportivos.
Peso: 1.360 kg
Potência: 182 cv
Torque: 27 kgfm
Velocidade máxima: 223 km/h
Aceleração (0-100km/h): 7,9 s
Relação peso x potência: 7,47 kg/cv

7. Punto T-Jet (2009)
O Punto T-Jet surgiu como sucessor aguardado do Uno Turbo, apresentando um desempenho condizente com os modelos europeus. Equipado com um motor 1.4 turbo de 152 cv, o Punto T-Jet se destacou pela combinação de performance e visual exclusivo, conquistando seu espaço no mercado de esportivos brasileiros.
Peso: 1.230 kg
Potência: 152 cv
Torque: 21,1 kgfm
Velocidade máxima: 203 km/h
Aceleração (0-100km/h): 8,4 s
Relação peso x potência: 8,09 kg/cv

8. Tempra Turbo (1995)
O Tempra Turbo marcou sua presença como um legítimo esportivo italiano, equipado com um motor de 165 cv capaz de atingir 212 km/h de velocidade máxima. Com detalhes exclusivos e desempenho impressionante, o Tempra Turbo deixou sua marca como um dos carros mais velozes do país.
Peso: 1.275 kg
Potência: 165 cv
Torque: 26,5 kgfm
Velocidade máxima: 212 km/h
Aceleração (0-100km/h): 8,2 s
Relação peso x potência: 7,72 kg/cv

9. Uno Turbo (1994)
O primeiro carro brasileiro equipado com turbocompressor foi o Uno Turbo, que se destacou por seus 118 cv e desempenho superior, atingindo 195 km/h de velocidade máxima. Com detalhes exclusivos e um apelo esportivo marcante, o Uno Turbo abriu caminho para a introdução de motores com turbocompressor no mercado brasileiro.
Peso: 975 kg
Potência: 118 cv
Torque: 17,5 kgfm
Velocidade máxima: 195 km/h
Aceleração (0-100km/h): 9,2 s
Relação peso x potência: 8,26 kg/cv

10. Vectra GSi (1994)
A versão esportiva GSi do Vectra se destacou com seu motor 2.0 e cabeçote especial de 16 válvulas, atingindo 150 cv e alcançando 215 km/h de velocidade máxima. Com detalhes exclusivos no design e desempenho surpreendente, o Vectra GSi marcou a renovação da gama Chevrolet no Brasil.
Peso: 1.220 kg
Potência: 150 cv
Torque: 20 kgfm
Velocidade máxima: 215 km/h
Aceleração (0-100km/h): 8,5 s
Relação peso x potência: 8,13 kg/cv

Esses 10 carros esportivos brasileiros exemplificam a paixão dos brasileiros por automóveis de alto desempenho e design exclusivo, deixando um legado que ainda é lembrado e admirado pelos entusiastas de todo o país.