Uncategorized

A Importância das Velas de Ignição para o Desempenho do Motor do Carro

As velas de ignição são componentes essenciais no funcionamento dos motores a combustão, sendo responsáveis por gerar faísca no interior da câmara de combustão e promover a explosão da mistura ar/combustível, resultando no movimento do veículo. Em geral, a recomendação é que as velas sejam verificadas a cada 10 mil quilômetros rodados, com um intervalo de troca que varia entre 40 mil e 50 mil quilômetros. É fundamental verificar o manual do proprietário para conhecer o intervalo recomendado para a substituição das velas. Além disso, é possível analisar visualmente as condições das velas, observando a tonalidade e a presença de folga entre os eletrodos, resíduos de carvão, superaquecimento e danos na rosca. O desgaste dos eletrodos é comum, sendo influenciado pela regulagem dos parâmetros de alimentação e ignição, bem como por outros componentes do motor. A utilização de velas com grau térmico inadequado pode comprometer o desempenho do carro, sendo importante consultar um mecânico experiente nesse caso. As velas de iridium, fabricadas com um metal mais resistente à corrosão, têm demonstrado superioridade em relação às velas convencionais, proporcionando uma faísca mais potente, redução da carga no sistema de ignição, aumento da vida útil, economia de combustível, melhora na resposta do acelerador e ligeiro aumento na potência do motor, o que as torna um excelente investimento para o carro, apesar do preço superior.