Uncategorized

BMW: Significado do nome e símbolo da marca e sua história

A sigla BMW corresponde a ‘Bayerische Motoren Werke’, que em português significa Fábrica de Motores da Baviera. A marca foi fundada em 7 de março de 1916, na Alemanha, pelos irmãos Karl Rath e Gustav Otto, inicialmente com o propósito de produzir motores de avião. No entanto, devido ao Tratado de Versailles, que proibia a Alemanha de constituir uma força aérea, a BMW, juntamente com os demais fabricantes do ramo, teve que migrar para a produção de carros e motos.

O símbolo da BMW, composto por uma hélice de avião girando juntamente com o símbolo da Baviera, inicialmente representava a herança da empresa na produção de motores de avião. No entanto, descobertas recentes sugerem que a combinação de cores azul e branco do símbolo é, na verdade, proveniente de uma antiga bandeira da Baviera. Em 2020, a marca promoveu a maior mudança em seu logo em mais de 100 anos, abandonando o fundo preto, deixando o símbolo vazado e substituindo elementos e letras pelo branco, além de remover o efeito 3D.

A BMW começou sua produção limitada apenas a veículos de duas rodas, tendo o primeiro carro com o símbolo estampado em 1928. Atualmente, a BMW é um grupo de empresas que detém as marcas BMW, Rolls-Royce e MINI, já tendo sido detentora da Land Rover no passado. Presente em mais de 140 países, a marca é uma das mais famosas e rentáveis do mundo, com um valor de mercado superior a US$ 50 bilhões. Em 2015, a BMW vendeu mais de 1.900.000 carros em todo o mundo, além de 330.000 veículos da marca MINI e 3.700 carros da Rolls-Royce. No mesmo ano, a BMW vendeu mais de 130.000 motos.

A história da BMW reflete seu sucesso como uma das principais marcas de carros premium, e sua abordagem inovadora, como a recente mudança no logo, reforça sua posição como uma marca em sintonia com as novas gerações.