Uncategorized

Carros de Locação: Vantagens e Desafios ao Comprador de Veículos Usados

Ao adquirir um carro usado ou seminovo, é comum deparar-se com a opção de veículos que eram de locação. Esses carros geralmente apresentam baixa quilometragem e até dois anos de uso, atraindo consumidores com preços atrativos e aparência bem cuidada. No entanto, é crucial conduzir uma verificação profunda antes da compra, considerando a responsabilidade de manutenção nas empresas de locação.

Empresas terceirizam suas frotas, transferindo a manutenção para especialistas e focando em seu core business. Com incentivos fiscais para frotistas, a troca frequente de veículos torna-se vantajosa, garantindo frotas sempre atualizadas e cobertas pela garantia. Contudo, alguns desses veículos podem acabar em garagens ou feirões, com preços atraentes, mas escondendo possíveis problemas.

Um exemplo prático disso é a situação de uma grande empresa de logística no Brasil, onde mais de 1.800 veículos de aluguel são utilizados para representantes de vendas e entregadores. Apesar da aparência bem cuidada à primeira vista, alguns veículos estavam em péssimo estado, como um Gol 2011 com luz de óleo acesa, falta de alinhamento e barulhos no motor. Descobriu-se que esses carros são usados e simplesmente substituídos quando surgem problemas, permitindo que se acumulem falhas de manutenção, como a falta de troca de óleo.

Essa prática levanta questões sobre os termos e compromissos da garantia dos carros. Além disso, em outras regiões do Brasil, empresas de energia elétrica substituíram veículos mais robustos por populares de empresas de locação, evidenciando a expansão desse mercado.

É importante não caracterizar as empresas locadoras como vilãs, mas sim alertar para a necessidade de cuidado na compra de veículos usados, mesmo com baixa quilometragem. A garantia de motor e câmbio na compra de um veículo usado não elimina a importância de uma verificação minuciosa, evitando possíveis dores de cabeça pós-compra.