Uncategorized

Como a relação peso/torque pode influenciar a sensação de força ou fraqueza de um carro

A relação peso/torque é um elemento importante na avaliação da sensação de força ou fraqueza de um carro. Este índice é obtido dividindo o peso do veículo em quilogramas pelo valor do torque em quilograma-força-metro (Kgfm).Quanto menor o número da relação peso/torque, melhor a capacidade do carro de se mover em relação à sua força. Para obter a relação peso/torque, é preciso dividir o peso do veículo em quilogramas pelo valor do torque em quilograma-força-metro (Kgfm).

Por exemplo, o novo Chevrolet Onix 1.0, com 1.037 Kg e 10,6 Kgfm de torque, tem uma relação de 97,83 quilogramas por Kgfm. Isso significa que cada quilograma-força metro de torque do Onix tem a capacidade de mover quase 98 quilogramas do carro.
Para fornecer parâmetros, os resultados das relações peso/torque por categoria são apresentados, incluindo modelos populares, compactos, sedãs médios, picapes pequenas, SUVs, entre outros.

Além disso, são destacados os modelos com o torque máximo e a rotação em que essa força é atingida. A relação peso/torque é um aspecto importante na escolha de um carro, pois determina como ele se comporta em termos de força e agilidade. Esta informação pode ser obtida em fichas técnicas, manuais do proprietário e tabelas completas de veículos.