Uncategorized

Como utilizar corretamente o ar-condicionado do carro

O ar-condicionado em carros é um acessório cada vez mais presente nos modelos fabricados no Brasil, o que não é surpresa, considerando o clima predominantemente quente do país. No entanto, para desfrutar ao máximo do conforto proporcionado pelo ar-condicionado e garantir sua durabilidade, é essencial aplicar corretamente algumas práticas de utilização.

1) É recomendado ligar o ar-condicionado pelo menos uma vez por semana, mesmo que não haja necessidade de resfriamento, para evitar a perda do gás refrigerante, comum em sistemas que permanecem inativos por longos períodos. Em casos de carros usados, a recarga do gás costuma ser necessária, mas atenção: somente recarregar o gás pode não ser suficiente para o funcionamento ideal do ar-condicionado.

2) Ao iniciar o uso do ar-condicionado, inicie abrindo totalmente as portas e os vidros do veículo, aguarde alguns segundos e então feche as portas, ligue o carro e saia com os vidros ainda abertos para permitir a saída do ar quente. Em seguida, ligue o ar-condicionado, usando a potência máxima, e direcione as saídas de ar para cima para que o ar frio se espalhe de maneira eficaz. Evite utilizar o modo de recirculação, pois o ar-condicionado poderá recircular ar quente. Espere sentir um resfriamento significativo antes de fechar os vidros.

3) Em climas moderados, como em viagens, é aconselhável manter o uso do ar-condicionado em temperatura média para garantir conforto, evitando assim a sensação de ar abafado. Vale ressaltar que o consumo de combustível tende a aumentar com o uso do ar-condicionado.

4) O ar-condicionado também pode ser utilizado para desembaçar rapidamente os vidros do veículo, proporcionando visibilidade clara ao motorista.

5) Ao considerar o impacto do consumo de combustível, é importante ressaltar que ao trafegar em velocidades inferiores a 60 km/h, manter os vidros abertos resulta em economia em comparação ao uso do ar-condicionado. No entanto, ao atingir 70 ou 80 km/h, o arrasto aerodinâmico gerado pelos vidros abertos aumenta o consumo a um ponto em que o uso do ar-condicionado torna-se mais eficiente.

6) Recomenda-se submeter o sistema de ar-condicionado a uma revisão a cada seis meses em uma oficina especializada, a fim de verificar mangueiras, pressão do gás e o estado do filtro de partículas, que, quando muito sujo, pode prejudicar o funcionamento do ar-condicionado.

7) O uso do recurso de recirculação do ar deve ser pontual, sendo acionado em situações que exijam a filtragem do ar que entra no veículo, como a presença de odores desagradáveis ou a proximidade de veículos que emitem fumaça em excesso.

8) Deixar o sistema de recirculação ligado constantemente é desaconselhável, pois pode resultar em um ambiente interno com níveis reduzidos de oxigênio. Portanto, a recomendação é utilizá-lo somente quando estritamente necessário para evitar a sensação de ar viciado dentro do veículo.