Uncategorized

Como utilizar o ar-condicionado do carro corretamente

O ar-condicionado em carros é um acessório cada vez mais presente nos modelos das montadoras brasileiras, e seu uso é cada vez mais valorizado em um país com um clima predominantemente quente. No entanto, para desfrutar de forma eficiente desse conforto, é essencial saber utilizá-lo corretamente.

1) Manutenção regular: O ar-condicionado deve ser ligado pelo menos uma vez por semana para garantir seu bom funcionamento. Sistemas de ar-condicionado automotivos que ficam inativos por longos períodos tendem a perder o gás refrigerante, resultando na necessidade de recarga. Vale ressaltar que a recarga do gás pode não ser suficiente para corrigir problemas decorrentes da inatividade prolongada.

2) Ventilação inicial: Antes de ligar o ar-condicionado, é recomendado abrir as portas e vidros do carro, aguardar alguns segundos e em seguida fechá-los. Ao ligar o veículo e sair com os vidros ainda abertos, permite-se a saída do calor retido. Em seguida, pode-se ligar o ar-condicionado, preferencialmente na configuração máxima.

3) Direcionamento das saídas de ar: Ao ligar o ar-condicionado, é aconselhável direcionar as saídas de ar para cima, permitindo que o ar frio se espalhe de forma mais ampla. Além disso, evita-se a recirculação do ar interno, favorecendo a entrada de ar mais fresco. Após notar a redução da temperatura interna, os vidros podem ser fechados.

4) Uso em estradas e clima mediano: Em situações de condução em estradas com clima moderado, o uso do ar-condicionado na temperatura média é indicado para manter o conforto dos ocupantes. Desligá-lo nessas condições pode acarretar desconforto devido ao ar abafado, sendo importante salientar que o aumento no consumo de combustível é o único inconveniente nesse contexto.

5) Desembaçamento de vidros: O ar-condicionado pode ser utilizado para desembaçar os vidros rapidamente, garantindo boa visibilidade em situações de umidade elevada no interior do veículo.

6) Velocidade e consumo: A eficiência do ar-condicionado em comparação com os vidros abertos está diretamente relacionada à velocidade do veículo. A partir de 70 ou 80 km/h, o consumo gerado pelos vidros abertos supera o consumo adicional provocado pelo ar-condicionado devido ao arrasto aerodinâmico. Assim, em velocidades superiores, o uso do ar-condicionado se torna mais econômico.

7) Manutenção periódica: A cada seis meses, é recomendável procurar uma empresa especializada para verificar as mangueiras, a pressão do gás e o estado do filtro de partículas. A sujeira excessiva no filtro pode prejudicar o desempenho do sistema de ar-condicionado.

8) Recirculação do ar: O recurso de recirculação do ar-condicionado, que impede a entrada de ar externo no veículo, deve ser utilizado em situações que demandem filtragem do ar, como a presença de odores desagradáveis e emissão excessiva de fumaça por veículos à frente.

9) Uso moderado: Deixar o sistema de ar-condicionado ligado constantemente pode resultar na redução da qualidade do ar interno devido à diminuição da circulação de oxigênio. Dessa forma, é recomendável utilizá-lo somente quando necessário para preservar a qualidade do ar no interior do veículo.