Uncategorized

Comparativo dos Carros Populares mais Baratos – 2009

No mês passado, o NA publicou uma enquete com mais de 6.000 participantes para eleger o melhor carro popular do Brasil. O vencedor foi o Gol G5, que, apesar de mais caro que outros populares, se destacou. No entanto, para quem está entrando no mundo dos carros novos pela primeira vez e busca um modelo acessível, a revista Quatro Rodas elaborou um comparativo dos carros populares mais baratos das cinco marcas que mais vendiam no Brasil em julho de 2009: Volkswagen Gol G4, Fiat Mille, Chevrolet Celta, Ford Ka e Renault Clio. Os carros 1.0 de entrada representavam 40% das vendas de automóveis no Brasil, demonstrando a preferência dos consumidores por veículos mais acessíveis em termos de preço. Vale destacar que cada pessoa escolhe seu carro popular levando em conta diferentes critérios, e não apenas o preço. O destaque do Celta é seu desempenho, já que o motor 1.0 da GM é antigo, mas apresenta bom desempenho e baixo consumo. Porém, seu espaço interno é apenas razoável e a economia da Chevrolet pode ser considerada incômoda. O Celta tem um preço semelhante ao do Ford Ka, porém sem oferecer equipamentos adicionais que justifiquem a diferença. Por sua vez, o Ka chama a atenção por sua lista um pouco melhor de equipamentos de série, como trava elétrica e alarme por controle remoto, que não estão presentes nos concorrentes. Trazendo preocupações adicionais, o padrão de acabamento do Ka piorou em comparação com a geração anterior. Já o preço do Mille se destaca por ser imbatível, custando 3.000 reais a menos que seus concorrentes. No entanto, seu visual e acabamento são pontos negativos, além do valor do seguro, que é o mais elevado entre os cinco carros. Em relação ao Gol G4, sua alta posição nos rankings de vendas deve-se principalmente ao modelo mais antigo, o que representa a maioria das vendas da Volkswagen em 2009. O Renault Clio Campus, por sua vez, vende cerca de 5.500 unidades por ano, menos que muitos concorrentes, mas não necessariamente a qualidade é inferior. Possui acabamento melhor, bancos mais largos e oferece mais conforto ao rodar. No entanto, mantém praticamente o mesmo visual desde 2003, o que pode impactar sua aceitação no mercado de usados. Com isso, se você valoriza manutenção barata, seguro acessível e facilidade na revenda, o Clio pode não ser a melhor escolha.