Uncategorized

Comparativo dos carros populares mais baratos no Brasil em 2009

No mês passado, o NA realizou uma enquete com mais de 6.000 participantes para descobrir qual era o melhor carro popular do Brasil, e o vencedor disparado foi o Gol G5. No entanto, o Gol G5 é consideravelmente mais caro do que outros modelos populares. A maioria dos consumidores que estão entrando no mundo dos carros novos pela primeira vez busca um carro popular verdadeiramente acessível. Este artigo traz um comparativo feito pela revista Quatro Rodas, em julho de 2009, com os carros populares mais baratos das cinco marcas que mais vendem carros no Brasil: Volkswagen Gol G4, Fiat Mille, Chevrolet Celta, Ford Ka e Renault Clio. Não será abordada a opinião da revista, apenas informações objetivas sobre cada modelo. Os carros 1.0 de entrada representam 40% das vendas de automóveis no Brasil, o que demonstra que os brasileiros compram carros principalmente levando em consideração o preço, em detrimento de aspectos como acabamento, desempenho ou espaço interno. Em ordem do mais barato para o mais caro, temos o Mille, o Clio, o Celta, o Ka e o Gol. Cada pessoa escolhe seu carro popular por um motivo específico, e muitas vezes, esse motivo está relacionado a algo que o carro oferece a mais em relação à concorrência. Se o preço fosse o único critério de compra, veríamos apenas Mille nas ruas. Falando especificamente sobre cada modelo, o Celta se destaca pelo desempenho de seu motor 1.0, que é capaz de superar alguns motores 1.4. Apesar disso, seu espaço interno é apenas razoável, e o consumo de combustível causa certa insatisfação. O Celta conta com para-choques pretos na versão mais barata, rodas de 13 polegadas e tem um preço similar ao do Ford Ka, mas sem oferecer equipamentos adicionais para justificar essa equivalência. Para adquirir para-choques pintados e rodas aro 14, é necessário desembolsar mais de 26.300 reais, um valor considerado elevado. O Ka, apesar de dividir opiniões quanto ao design, possui uma estética mais moderna em comparação aos demais modelos. Além disso, oferece uma lista um pouco melhor de equipamentos de série, incluindo trava elétrica e alarme por controle remoto. No entanto, o novo Ka apresenta um padrão de acabamento inferior em relação à geração anterior, que o equipara aos demais populares. O Mille se destaca pelo preço imbatível, sendo 3.000 reais mais barato que os demais. Por esse valor, é possível adquirir um Mille equipado com ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricas e rodas de liga leve. No entanto, seu visual é criticado por parecer uma ‘bota ortopédica’, e seu acabamento é considerado fraco, com vãos irregulares entre as peças da carroceria. Além disso, o Mille possui o seguro mais caro entre os modelos listados. O Gol, apesar de ocupar o primeiro lugar nos rankings de vendas, deve sua posição principalmente à geração anterior, o Gol G4. Apesar disso, o modelo G4 é vendido com frequência, e possui um alto custo de seguro, ainda que menor que o do Mille. O espaço interno do Gol é o menor entre os modelos listados, mas se destaca por oferecer banco com regulagem de altura de série. Por fim, o Renault Clio Campus, embora não seja popular em termos de vendas, possui acabamento superior, bancos mais largos e oferece mais conforto ao dirigir. No entanto, seu visual é datado, e a desvalorização no mercado de usados é uma preocupação para quem busca revendê-lo. Se valoriza manutenção barata, seguro acessível e facilidade na revenda, o Clio pode não ser a melhor escolha. Portanto, é importante considerar todas essas informações ao escolher um carro popular, levando em conta as necessidades e prioridades de cada consumidor.