Uncategorized

Dicas de como utilizar corretamente o ar-condicionado do carro

O ar-condicionado em carros é um acessório cada vez mais comum nos modelos das montadoras brasileiras, especialmente em um país de clima predominantemente quente. No entanto, é importante utilizar corretamente o ar-condicionado para garantir sua durabilidade e desfrutar de seus benefícios ao máximo.

1) É aconselhável ligar o ar-condicionado pelo menos uma vez por semana para mantê-lo em boa forma, uma vez que sistemas de ar-condicionado automotivos que ficam desligados por muito tempo tendem a perder o gás refrigerante, necessitando recargas frequentes. Além disso, apenas recarregar o gás pode não ser suficiente para o ar-condicionado funcionar corretamente.

2) Ao ligar o ar-condicionado, recomenda-se abrir completamente as portas e os vidros do carro e esperar alguns segundos. Em seguida, feche as portas, ligue o carro e saia com os vidros ainda abertos para permitir a saída do calor. Posteriormente, é possível ligar o ar-condicionado, preferencialmente na potência máxima, e direcionar as saídas de ar para cima, permitindo que o ar frio resfrie uma área maior. Evite deixar o ar recirculando para evitar que o ar-condicionado utilize ar quente, permitindo a entrada de ar fresco antes de fechar os vidros.

3) Na estrada, o uso do ar-condicionado a uma temperatura moderada pode manter a sensação de conforto, principalmente em dias com clima mediano, evitando a sensação de ar abafado ao desligá-lo. No entanto, é importante considerar que o uso do ar-condicionado pode aumentar o consumo de combustível.

4) Em situações de necessidade de desembaçar os vidros rapidamente, o ar-condicionado pode ser utilizado com essa finalidade. Além disso, em velocidades inferiores a 60 km/h, manter os vidros abertos pode proporcionar economia, enquanto em velocidades superiores a 70 ou 80 km/h, o arrasto aerodinâmico gerado pelos vidros abertos pode aumentar mais o consumo do que manter o ar-condicionado ligado, tornando-o a melhor opção nessas condições.

5) Recomenda-se verificar os componentes do ar-condicionado a cada seis meses em uma empresa especializada, incluindo a verificação das mangueiras, pressão do gás e estado do filtro de partículas, que quando muito sujo pode prejudicar o funcionamento do sistema.

6) O recurso de recirculação do ar-condicionado, utilizado para evitar a entrada de ar externo, deve ser acionado apenas em situações de maus odores ou exposição a muita fumaça, evitando seu uso constante para evitar a diminuição do oxigênio no interior do carro.

Seguindo essas dicas, é possível utilizar o ar-condicionado do carro de maneira correta, garantindo seu bom funcionamento e prolongando sua vida útil.