Uncategorized

Gasolina Comum vs Gasolina Aditivada: Qual Escolher?

Na hora de abastecer o veículo, é comum surgir a dúvida sobre qual tipo de gasolina escolher: comum ou aditivada. A gasolina aditivada se diferencia da comum pois contém aditivos adicionais em sua composição. Esses aditivos são substâncias químicas que têm a função de manter o motor limpo e funcionando em sua melhor forma, proporcionando benefícios extras em relação à gasolina comum. Os aditivos na gasolina aditivada são desenvolvidos para cumprir diferentes funções, como limpar o sistema de alimentação do motor, reduzir o acúmulo de resíduos e melhorar a combustão. Além disso, eles também podem aumentar a octanagem da gasolina, o que contribui para uma melhor eficiência energética e desempenho do veículo. Os produtos adicionados na gasolina aditivada têm duas gerações: 1ª – Utilizando compostos detergentes, usados na limpeza dos bicos injetores e carburadores; 2ª – Utilizando aditivos para manter limpos e livres os canais de admissão e as próprias válvulas. O primeiro era conhecido como detergente de amina convencional e o segundo é chamado de dispersante polimérico. Toda a indústria de combustível se empenhou e ainda se empenha em pesquisar e desenvolver novos aditivos, apesar de existir um padrão, o qual foi estabelecido em 1989 pelos Estados Unidos. Apesar de esses aditivos representarem aproximadamente apenas 1 ml de cada litro de gasolina, o custo final na bomba subiu cerca de 5% por litro, em comparação com a gasolina comum. Os aditivos presentes na gasolina aditivada desempenham um papel essencial na promoção da saúde e da eficiência do motor. Existem diferentes tipos de aditivos que desempenham funções específicas para manter o motor em bom estado. Os detergentes e dispersantes são aditivos importantes encontrados na gasolina aditivada. Eles têm a função de manter o motor limpo e prevenir o acúmulo de sujeira e resíduos nos componentes internos. Esses aditivos ajudam a remover a carbonização causada pela queima do combustível e a evitar a formação de depósitos nos bicos injetores e nas válvulas de admissão. Além dos detergentes e dispersantes, os lubrificantes e os inibidores de corrosão presentes na gasolina aditivada também desempenham um papel fundamental na manutenção do motor. Os lubrificantes ajudam a reduzir o atrito entre as peças móveis do motor, minimizando o desgaste e prolongando a vida útil dos componentes. Já os inibidores de corrosão protegem o sistema de combustível contra a corrosão, que pode ser causada pela presença de água ou de outros elementos químicos. Esses aditivos combinados garantem que o motor funcione de maneira eficiente, mantendo-o limpo, protegido contra corrosão e maximizando seu desempenho. Ao utilizar gasolina aditivada, o motorista pode contribuir para a manutenção adequada do motor e prolongar sua vida útil. A gasolina aditivada contém aditivos adicionais que não estão presentes na gasolina comum. Esses aditivos podem melhorar o desempenho do veículo e ajudar na manutenção do motor. A octanagem é uma medida da resistência à detonação da gasolina. Quanto maior o número de octanas, maior a resistência e melhor o desempenho do motor. Os aditivos presentes na gasolina aditivada podem melhorar o rendimento do veículo e maximizar a potência do motor, o que é especialmente importante em veículos de alto desempenho. Assim como os carros, as motos podem se beneficiar dos aditivos presentes na gasolina aditivada para manter o motor limpo e prevenir o acúmulo de sujeira. A gasolina aditivada é a melhor escolha quando a limpeza do motor e a prevenção do acúmulo de sujeira são importantes. Ela também contribui para a redução de emissões de carbono. A escolha entre gasolina comum e aditivada pode afetar os custos de manutenção do veículo a longo prazo. A gasolina aditivada pode aumentar a durabilidade do veículo e reduzir os gastos com manutenção.