Uncategorized

Óleo lubrificante: Fiat Ducato, Peugeot Boxer e Citroën Jumper podem ter recomendações diferentes

A Fiat enfrentou recentemente problemas com a mudança do fornecedor de óleos lubrificantes, e agora surge a questão do lubrificante dos veículos comerciais da marca não corresponderem aos dos parceiros de projeto, como é o caso dos utilitários comerciais Fiat Ducato, Peugeot Boxer e Citroën Jumper. Os últimos dois são variantes do modelo italiano, todos os três compartilham o mesmo modelo, apenas mudando o visual frontal e alguns detalhes internos.

Um leitor, Bruno Felipe, levantou a questão em relação ao óleo correto para a versão com motor 2.3 turbo diesel do Fiat Ducato 2024, que difere do Peugeot Boxer 2.3. Ao adquirir o Peugeot Boxer, Bruno recebeu 2 litros de óleo 5w30 originais da Peugeot. Posteriormente, ele se deparou com problemas em motores 2.3 Multijet, como consumo excessivo, motor fumaçando, problemas de bico, entre outros, todos pertencentes aos Fiat Ducato 2.3.

Ao verificar o manual da Fiat Ducato, Bruno constatou que a recomendação para o óleo a ser usado era 15w30, enquanto no seu Peugeot Boxer a recomendação era de 5w30 ou 10w30. Ao questionar a concessionária Peugeot, não obteve esclarecimentos. Apesar disso, seu Peugeot Boxer já havia passado por três trocas de óleo sem qualquer problema.

A suspeita de Bruno é que a Fiat esteja oferecendo aos clientes da Ducato 2.3 o óleo do motor 2.8, e os problemas relatados por ele são decorrentes da utilização do óleo errado no motor. Segundo ele, como todos os veículos são Fiat Ducato, parece que houve um equívoco por parte da Fiat na recomendação do lubrificante para o modelo com motor 2.3.

A recomendação para quem possui um Ducato 2.3 Multijet é ficar atento e buscar informações sobre esse detalhe. Bruno ainda mencionou rumores sobre um possível recall da Fiat devido a esse problema. Agradecemos a Bruno Felipe pelas informações.