Uncategorized

Saiba como utilizar corretamente o ar-condicionado do seu carro

O ar-condicionado em carros é um acessório cada vez mais comum nos modelos fabricados pelas montadoras brasileiras. Com o clima predominantemente quente no país, o conforto proporcionado pelo ar-condicionado torna-se essencial tanto em viagens quanto no dia a dia. No entanto, é fundamental utilizá-lo corretamente para garantir sua durabilidade e benefícios máximos.

Para manter o ar-condicionado em boa forma, é recomendável ligá-lo pelo menos uma vez por semana. Os sistemas automotivos de ar-condicionado que permanecem desligados por longos períodos tendem a perder gás refrigerante, eventualmente necessitando de recarga. Abrir bem as portas e os vidros do veículo por alguns segundos antes de ligar o ar-condicionado permite a dissipação do calor, contribuindo para um resfriamento mais eficaz quando o sistema é acionado.

Ao ligar o ar-condicionado, é aconselhável direcionar as saídas de ar para cima, permitindo que o ar frio se espalhe pela área interna. Evitar o uso da recirculação de ar e permitir a entrada de ar fresco do ambiente externo ajuda a garantir um resfriamento mais eficiente. Em condições de clima moderado durante viagens, o uso do ar-condicionado em temperatura média mantém o conforto no interior do veículo, evitando a sensação de abafamento.

O ar-condicionado pode ser utilizado para desembaçar os vidros rapidamente, especialmente em situações de baixa visibilidade. Quanto à escolha entre utilizar o ar-condicionado ou manter os vidros abertos em diferentes velocidades, estima-se que, até 60 km/h, o consumo seja menor com os vidros abertos, enquanto a partir de 70 ou 80 km/h, o arrasto aerodinâmico gerado pelos vidros abertos torna mais eficiente ligar o ar-condicionado para reduzir o consumo de combustível.

Recomenda-se realizar uma revisão do sistema de ar-condicionado a cada seis meses, verificando mangueiras, pressão do gás e o estado do filtro de partículas. Além disso, é importante usar a função de recirculação do ar-condicionado com moderação, ativando-a apenas quando necessário, como em ambientes com odores desagradáveis ou em situações de poluição intensa. Manter essa função constantemente ligada pode resultar em um ambiente interno com baixa concentração de oxigênio, prejudicial para os ocupantes do veículo.