Uncategorized

Vantagens e desvantagens de converter um carro para GNV

Muitos proprietários de automóveis optam por fazer a conversão do conjunto para GNV como forma de driblar os gastos mais altos devido aos frequentes reajustes nos preços da gasolina e do etanol. O investimento para instalar um kit GNV varia entre R$ 5 mil e R$ 7 mil, mas pode ser facilmente recuperado por aqueles que utilizam o carro para trabalho, como taxistas, motoristas de aplicativo e frotistas. A seguir, apresentamos 10 vantagens e desvantagens de um carro movido a GNV.

Vantagens:
1. Economia: o GNV é cerca de 43% a 58% mais econômico que a gasolina e de 44% a 66% mais eficiente que o etanol, segundo a Abegás.
2. Menos poluente: emite cerca de 20% menos CO2 que a gasolina e 15% menos que o etanol. Além disso, não deixa acumular resíduos nos bicos injetores e não contamina o óleo lubrificante do motor.
3. Vida útil do óleo lubrificante: o óleo do motor pode ser trocado em intervalos maiores devido à baixa formação de resíduos da combustão.
4. Sistema mais durável: a ausência de acúmulo de água proveniente da gasolina e do álcool pode aumentar em até 20% a vida útil do sistema.

Desvantagens:
1. Risco de fissuras: o sistema de GNV pode sofrer pequenas fissuras devido à maior pressão, exigindo manutenção constante.
2. Desgaste dos cabos de vela: a vida útil desses componentes pode diminuir consideravelmente.
3. Falta de lubrificação dos cilindros: a falta de lubrificação pode causar avarias, sendo recomendado o uso de gasolina ou álcool por um curto período diariamente.
4. Perda de potência: o motor pode ficar ligeiramente mais fraco, especialmente com o GNV de Geração 5, que apresenta uma perda de potência de cerca de 3% em relação ao motor movido à combustão.
5. Perda da garantia de fábrica: a instalação do kit GNV pode resultar na perda da garantia de fábrica oferecida pelo fabricante do veículo.